Guia do Ouvinte - Agosto 2005

Início FM  Programação da FM Sobre
Cadastre-se na FM
Estamos atualizando o cadastro de ouvintes
da Rádio Cultura FM
Ajude-nos a dar mais eficiência à nossa comunicação
Preencha o formulário e envie >>


NOSSO PROFESSOR DE PIANO

Gilberto Tinetti mostra as principais obras e os melhores intérpretes de seu instrumento em Pianíssimo

Há quase duas décadas, Gilberto Tinetti é sinônimo de piano na Cultura FM. De segunda a sábado, às 14h, ele apresenta Pianíssimo, programa inteiramente dedicado ao instrumento.

Tudo começou em 1986. Em 9 de setembro daquele ano, falecia a grande Magdalena Tagliaferro, nascida em 1893, catedrática do Conservatório de Paris, virtuose consagrada internacionalmente. A rádio resolveu homenagear com uma série de programas aquela que foi uma das maiores pianistas brasileiras de todos os tempos, e convidou para a empreitada Tinetti, que havia sido seu aluno.

Logo vieram outras séries e, com o sucesso destas, o convite para um programa diário -que nasceu com o nome de Teclado, sendo rebatizado como Pianíssimo em meados dos anos 90. Tinetti foi ainda, de 1980 a 2002, professor do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da USP, uma atividade que talvez ajude a explicar o didatismo que tanto tem atraído os ouvintes ao longo de todos estes anos.

"Eu procuro conversar com o microfone. Meu texto não é lido, é improvisado na hora da gravação, e busco sempre manter o tom coloquial", explica o apresentador. "E não pode ter muita fala. As pessoas querem ouvir música, com alguma ilustração, algum comentário".

Embora lance mão do acervo da rádio, ele elabora a programação utilizando preferencialmente itens de sua coleção particular, de 1.500 discos. "Sempre que eu viajo, procuro trazer novidades para o programa. Ou então, lançamentos em CD de registros históricos de grandes artistas do passado".

A programação de Pianíssimo é fechada no início do mês. Para contemplar a variedade, cada dia da semana tem um formato. Começa-se, assim, com o recital de um pianista na segunda-feira, seguido de obras concertantes no dia seguinte. A quarta-feira está voltada para música de câmara; quinta-feira vai ao ar alguma série temática, enquanto a sexta é deixada livre, para que possam ser mostrados lançamentos e novidades. Sábado é o concorrido Dia do Ouvinte, em que se atendem os pedidos feitos por telefone, fax, carta ou e-mail.

Os recitais deste mês incluem ícones como Jorge Bolet, Maria Yudina e Sergei Rachmaninoff. Pianíssimo tem duas séries temáticas em agosto: Schumann por Claudio Arrau e András Schiff tocando concertos de Mozart.

Tinetti poderia ficar falando por horas sobre o pianismo aristocrático e introspectivo do chileno Claudio Arrau (1903-1991). "Arrau é sempre um mestre para mim. Ele era extremamente culto, e seu professor foi aluno de Liszt, o que faz com que Arrau seja um padrão na interpretação do repertório germânico", afirma.

Em 2005, Tinetti tem realizado uma série de apresentações comemorativas ao lado de Erich Lehninger (violino) e Watson Clis (violoncelo), com os quais formou, há 30 anos, o Trio Brasileiro. Paralelamente ao grupo, em agosto ele toca, dia 24, no Espaço Promon, em São Paulo, com o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, executando o Quinteto n. 2 para piano e cordas, de Ernst von Dohnányi (1877-1960); e, dia 27, apresenta-se no Festival de Ópera do Teatro da Paz, em Belém, ao lado da cantora Celine Imbert.

PIANÍSSIMO: O piano, seu repertório, seus intérpretes. Apresentação: Gilberto Tinetti. Segunda a sábado, às 14h. Reapresentação: segunda a sexta, às 3h


© 1996-2005 Fundação Padre Anchieta